Se você trabalha com marketing de afiliado ou começou a estudar Marketing Digital, com certeza já leu essas três letras diversas vezes: CTA (ou Call to Action). Mas o que é isso? Para que serve? 

Como usar da melhor maneira? Por ser  uma ferramenta de marketing tão relevante, o uso do call-to-action gera realmente muitas dúvidas. 

Se você trabalha com marketing ou começou a estudar Marketing Digital, com certeza já leu essas três letras diversas vezes: CTA (ou Call to Action).

Mas o que é isso? Para que serve? E ainda mais: Como usar da melhor maneira?

Por ser  uma ferramenta de marketing tão relevante, o uso do call-to-action gera realmente muitas dúvidas.

Mas não se preocupe! Aqui vamos tirar todas as suas dúvidas!

O que é CTA?

O call-to-action (CTA) é qualquer chamada — visual ou textual — que leve o leitor ou visitante de uma página a realizar alguma ação.

Sendo assim, é uma ferramenta primordial para promover suas ofertas de Marketing Digital e gerar leads.

E saber escolher o tipo certo de CTA faz toda diferença.

Existem diversos tipos, como um link para um outro post relacionado ou a oferta de um material rico, direcionando o leitor para uma landing page.

Mas tenha sempre em mente que o call-to-action deve levar o visitante para o próximo passo no seu funil de vendas.

Mas como saber qual é o post certo para aquele e-book campeão que foi produzido

Que também é muito conhecido por CTA, que é um item indispensável para as estratégias de marketing.

Sem uma CTA o seu tráfego fica meio que perdido, sem saber o que fazer.

Se você não pedir para eles baixarem um e-book ou assinar uma newsletter, eles não farão.

e-book grátis

Porém, o problema é que muitos CTAs não estão mais surtindo efeito. Como no caso do botão “download”.

Os usuários já estão cansados de ver calls to action chatos, aqueles padronizados e que não desperta o interesse ao clique.

Se a proposição de valor não estiver perfeita, ela não converterá.

Porém, ninguém gosta de ser incomodado com pop-ups no primeiro momento em que visita um site.

Eles nem sabe que é você ainda, e você já está pedindo para comprar algo, seja com um cupom, por exemplo.

Mas você precisa ter CTAs se quiser ter sucesso no marketing digital.

Sem o CTA, você não consegue conduzir a venda.

Mas não se preocupe existem vários CTAs que funcionam muito bem.

E se você quer conhecer quais são eles, continue lendo este artigo.

O que é CTA?

cta - O que é CTA (Call To Action) – Como criar chamadas que convertem

 

Como você já pode perceber o CTA é a sigla de Call To Action, que ao traduzir para o português: chamada para ação.

Se você ficou em dúvida sobre o que é uma chamada para ação?

Então vou te dar um exemplo.

A chamada para ação funciona como um pedido para o seu visitante, cliente ou prospec tomar uma atitude em relação a alguma coisa.

Essa chamada para ação serve para o usuário saber qual é o próximo passo que deve ser dado.

Por isso, é muito comum de ver na internet frases para CTA que começa com: “Compre”, “acesse”, “confira” ou “Clique aqui”.

Você vai encontrar CTAs em diversas partes, como em post de blog, anúncios, e-mails, landing Page e sites.

Para saber se é uma CTA, basta notar que o botão ou link indica ou não ao usuário uma ação que se espera dele.

Caso indique, então se trata de uma CTA, chamada para ação.

Em âmbito de negócios uma CTA serve para baixar um e-book, fazer um cadastro, acessar um conteúdo complementar, assinar uma lista, etc.

É como induzir a conversão, pegando o usuário pela mão.

Para que serve uma CTA?

para que serve - O que é CTA (Call To Action) – Como criar chamadas que convertem

Agora que você já sabe o que é CTA, então vamos abordar para que ela serve.

A principal função da CTA é levar o usuário até a próxima etapa do funil de vendas. Mas como todo negócio tem várias estratégias, ele pode ter um objetivo mais específico.

Veja os principais objetivos, aqueles que são mais utilizados no mercado digital.

1 – Ler outro post no blog

Se você quer gerar tráfego para outro post do seu blog, a CTA pode ser bem útil.

Você pode sugerir ao seu usuário que ele leia outro artigo que tenha relação com o assunto em que ele está lendo.

Além, de dar mais informações deixando o seu conteúdo ainda mais rico, ajuda na permanência do usuário em seu blog.

Veja o exemplo:

“leia também nosso artigo completo sobre SEO e consiga as primeiras posições nos mecanismos de buscas”.

2 – Assinar a newsletter

Ao pedir para que o seu usuário assine a sua newsletter, faz com que ele passe para a próxima etapa do seu funil de vendas.

Além disso, quando o usuário assina a sua newsletter, ele mostra que está interessado naquilo que você está oferecendo.

Sendo assim, você vai poder usar uma estratégia muito mais assertiva no assunto.

Veja o exemplo:

“Assine agora nossa newsletter e receba as nossas novidades em primeira mão”.

pinterest pro

 

3 – Seguir nas redes sociais

Um Call To Action pode ser ainda um convite para os seus leitores, seguir a sua marca nas suas redes sociais.

Sendo assim, eles vão te conhecer melhor, sua marca.

Isso ajuda a ter um contato mais próximo e pessoal com o usuário.

Veja o exemplo:

“Siga-nos no Instagram, onde postamos outros conteúdos muito interessantes”.

4 – Assistir um vídeo

Se você já tem um canal no Youtube e seus vídeos não tem muitas visualizações, ao usar uma CTA pode ser ótimo para gerar muito mais tráfego para o seu canal.

Sugerir um vídeo que tenha o conteúdo semelhante à do seu texto pode ser ótimo para os seus usuários.

Já que os vídeos tem um engajamento muito maior que texto.

Veja o exemplo:

“Assista o vídeo que aborda em detalhes essas 3 estratégias de funil de vendas”.

5- Baixar um e-book ou arquivo

Sabe aqueles e-books ou materiais que você produziu? Oferecê-los na CTA pode ser uma estratégia muito interessante.

Sendo assim, você vai mostrar para os seus usuários que é uma autoridade no assunto.

Veja o exemplo:

“Baixe nosso e-book que ensina como melhorar o desempenho do seu site deixando com a velocidade 100 no  PageSpeed Insights”.

6 – Compartilhar nas redes sociais

Quando o seu conteúdo é compartilhado pelas pessoas, ele tem um grande alcance que acaba encontrando outras pessoas que tenha o interesse pela sua marca.

Além disso, faz com que novos usuários acabem conhecendo a sua marca. Assim, você vai conseguir atrair pessoas novas até os seus produtos ou serviços.

Veja o exemplo:

“Se o conteúdo te ajudou de alguma forma, então, compartilhe que poderá ajudar outras pessoas também”.

7 – Participar de um evento

Se você vai fazer um evento, o CTA é um lugar perfeito para promovê-lo.

Você consegue mostrar para as pessoas que sua empresa está empenhada em ajudá-lo.

Mas lembre-se que esse tipo de CTA é sazonal. Isso quer dizer que ele deve ficar até a data da realização do evento em sua página.

Veja o exemplo:

“Vou falar mais afundo sobre esse assunto na nossa live que vai acontecer no dia 20 de janeiro. Garanta sua vaga nesse link”.

8 – Responder uma pesquisa

CTAs são muito bons para fazer pesquisas.

Ao pedir para o seu usuário responder um questionário de pesquisa, faz com que você conheça muito mais sobre ele, ou seja, do seu público.

O que vai te ajudar a colocar em ação as melhores estratégias para o seu negócio.

Veja o exemplo:

“Estamos desenvolvendo uma pesquisa para analisarmos a satisfação de nossos usuários em relação a nossa marca. Clique aqui e participe”.

Como escolher o Call To Action certo?

Call To Action certo - O que é CTA (Call To Action) – Como criar chamadas que convertem

Depois de você entender o que é CTA e para que serve, você deve estar se perguntando como fazer isso funcionar.

Então, para facilitar sua vida eu separei algumas dicas que vai facilitar o seu trabalho na hora de escolher o CTA mais adequado para cada página, anúncio ou conteúdo que publicar.

1 – Considere o estágio do funil de vendas

A primeira coisa que você deve ter em mente antes de fazer uma chamada para ação e receber mais cliques é:

Ter em mente quem são seus visitantes e em qual parte do funil de vendas eles se encontram.

funil de vendas - O que é CTA (Call To Action) – Como criar chamadas que convertem

Sabe porque eu digo isso? Porque, por exemplo, se um usuário seu está buscando dicas de como emagrecer o CTA, não poderia ser “clique aqui para aprender a importar”. Entende?

A solução mais cabível seria, nesse caso, criar um Call To Action para que ele baixasse um e-book com dicas de emagrecimento, para ajudar a resolver o problema.

2 – Saiba quem é a persona a ser impactada

Conhecer a sua persona para a qual o seu conteúdo será direcionado é, portanto, uma forma de trazer muito mais assertividade na escolha da sua CTA.

Pois, quanto mais você conhecer sobre a sua audiência, melhor pode ser para ela.

Concorda comigo? Então, sempre busque saber o que sua audiência procura, quais são suas necessidades e problemas para definir melhor a sua Chamada para ação.

3 – Saiba o nível de conhecimento da persona

Ao conhecer bem qual é o nível de conhecimento da sua persona, você vai direcionar melhor os seus conteúdos para ela, além de suas CTAs.

Afinal de contas, elas têm que fazer sentido com o momento atual do usuário.

Por exemplo, se for um afiliado iniciante, não faria sentido criar uma CTA para que baixe um e-book com conteúdo para um afiliado avançado.

Grave em sua cabeça: O CTA deve ser sempre compatível com o nível de conhecimento da sua persona, para a qual os seus conteúdos são direcionados.

4 – Escolha o formato do Call To Action

Quanto ao formato, posso dizer que é muito flexível, pois, pode ter várias formas e versões com botões, links em textos, banners, etc.

Então é possível adaptá-lo conforme for o seu objetivo estratégico no momento em que for usar.

5 – Escolha o objetivo do CTA

Todo o CTA deve sugerir uma ação para o usuário, mas porém, toda a ação em questão deve estar alinhada de acordo com o objetivo da sua marca.

Veja alguns CTAs mais comuns em estratégias de marketing digital:

◊  Para responder uma pesquisa.

◊  Para participar de um Webinar.

◊  Para assinar uma newsletter.

◊  Para baixar um e-book.

◊  Para gerar tráfego para outra página ou post de blog.

◊  Para direcionar o usuário para uma landing Page.

◊  Para assistir um vídeo.

◊  Para seguir nas redes sociais.

Onde posso usar a CTA?

onde usar o cta - O que é CTA (Call To Action) – Como criar chamadas que convertem

Você sabe que é forte o apelo comercial de uma CTA e que ela pode atrair cliques e conversões para qualquer tipo de negócio.

Mas, isso não quer dizer que você possa sair usando esse recurso de qualquer jeito.

Para te ajudar a não cometer qualquer tipo de confusão a respeito da aplicação do Call To Action, veja a lista a seguir com os principais canais aonde você poderá usá-lo.

Home do site

A Home do site é a porta de entrada de todo negócio hoje em dia.

Então, porque não aproveitar essa oportunidade para sugerir que seu visitante que acabou de entrar nele tome uma ação.

Páginas do site

Para completar a experiência do usuário que vai navegar no seu site, pense em algumas ações que deseja que o seu visitante tome após a visita de suas páginas.

Se preferir pode colocar essas CTAs apenas nos posts do seu blog.

Redes sociais

As redes sociais devem servir como portas de entradas complementares para o seu blog ou site.

Por isso, não deixe de incluir Call To Action dentro de seus conteúdos para guiar o usuário para outro estágio do seu funil de vendas.

E-mail marketing

Mesmo sabendo que o e-mail marketing faz uma comunicação direta com os clientes, que possibilita o aumento das vendas, ele também precisa de boas CTAs que seja encantadora.

Ele deve levar a pessoa que recebeu a mensagem para assistir um vídeo, para o site, para fazer um download ou qualquer outro tipo de ação.

Posts no blog

Lembra anteriormente que eu comentei que a CTA deve estar em sintonia com as necessidades da sua persona e no estágio do seu funil de vendas?

Pois bem, as Call To Action devem sempre estar alinhadas com os objetivos em cada etapa.

Elas servem para levar o usuário de uma faze para a outra do funil de vendas.

Anúncios

Anúncios e chamadas para ação tem tudo a ver, porque possui o mesmo objetivo, que é a conversão.

Então, ao usar a CTA no corpo do anúncio, a sua efetividade é aumentada.

Vídeos

Você sabe que são em poucos lugares que dá para incluir links em vídeos, seja eles no Instagram ou Youtube.

Por isso, não deixe de fazer a chamada para ação durante a sua fala para aumentar a chance de conversão.

Ofertas

Todas as promoções tem uma linguagem comercial, sendo ao mesmo tempo objetiva.

Isso, inclui boas chamadas para ação para fisgar o consumidor o mais rápido possível.

Uma dica extra? Trabalhe também o senso de urgência, que é um gatilho mental que funciona muito bem.

Sendo assim, o usuário será impactado pela oferta, o que vai aumentar a chance de conversão.

Materiais específicos

Poucas pessoas sabem, mas é possível incluir links dentro de arquivos pdf e xls, sendo assim uma outra boa oportunidade para fazer suas CTAs.

7 dicas para fazer sua CTA ser notada

dicas para a cta ser notada - O que é CTA (Call To Action) – Como criar chamadas que convertem

Então, se você não quer que suas chamadas para ação não fiquem perdidas no meio do conteúdo.

Veja a seguir algumas dicas que vai transformar suas CTAs muito mais atraentes e notáveis para o clique.

1 – Use cores fortes

Para que a sua CTA não perca para os elementos dos seus concorrentes, como texto do site e imagens, trabalhe com cores diferentes.

Sendo assim, a sua CTA fica muito mais atrativa e não vai passar despercebida aos olhos do usuário.

2 – Escolha uma boa posição

A segunda dica é inserir a sua Call To Action em um lugar aonde o seu visitante não tenha que rolar a barra para visualizar.

Ou seja, acima da dobra.

3 – Insira imagens

Eu sempre menciono o uso de imagens nos artigos de blog, pois as imagens sempre chamam a atenção.

Então, não tem porque não usar esse recurso visual para criar as suas chamadas para ação.

Assim sua CTA não vai passar despercebida.

4 – Indique com setas

As setas servem para direcionar o olhar para aquilo que você quer que seja visto, portanto, não subestime o poder delas.

5 – Seja especifico

Seja o mais claro possível ao indicar qual ação você espera que o usuário execute para ser impactado pela CTA.

Lembre-se de mostrar a ele como ele pode fazer isso.

6 – Crie urgência

Para tornar qualquer ação que queira converter imediatamente, trabalhe a sua CTA com o senso de urgência.

Incluindo palavras de poder como “hoje” e “agora”, nos CTAs.

7 – Use números

Portanto, ao fazer a utilização de números em suas CTAs, você estará facilitando a vida do seu usuário e evidenciando ainda mais os benefícios que ele terá ao clicar onde deseja.

 Conclusão

Você viu aqui nesse post:

♦  O que é CTA;

♦  Para que serve uma CTA;

♦  Como escolher a CTA certa;

♦  Onde pode usar a CTA;

♦  Dicas para fazer sua CTA ser notada;

Ao utilizar uma chamada para ação é a maneira número 1 de conduzir a conversão no seu blog ou site.

Portanto, o marketing de conteúdo seria inútil sem os Call To Action que capturem os leads, que posteriormente se converterão no final.

Além disso, se você não convencer o usuário a comprar, eles vão ser um tráfego desperdiçado.

Como você já viu no decorrer desse artigo, tem muitas CTAs que não funcionam mais, por serem muito intrusivos e muito chatos.

A grande maioria dos usuários não querem ser forçados a ver um CTA na primeira vez que entra em um site.

Então, faça testes adicionando um CTA e veja se ele deu resultados, senão mude sua abordagem.

Agora, me diga quais são os CTAs que você está usando em suas estratégias de marketing de conteúdo?

Deixa ai nos comentários o que você está usando de estrategia para eu saber.

banner formulário fno

Forte abraço a todos!

Quer TRABALHAR EM CASA, ter seu NEGÓCIO ONLINE DE SUCESSO?

Digite seu e-mail e receba gratuitamente um                     E-book com passos ESSENCIAIS para você montar um negócio online de SUCESSO!
100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário